Comportamento perante a vida

Comportamento perante a vida

A vida cotidiana e o Tantra não são duas coisas separadas. Vive-lo é aplicar valores e conceitos em nossas atitudes.

O Tantra não é apenas técnicas e conhecimento intelectual. Ele precisa ser praticado, vivenciado no dia a dia, nas mais variadas situações. Apresentamos, a seguir, alguns aspectos dessa vivência para você refletir e guiar-se nesse caminho.

Visão – significa ver além do óbvio. Ver o não visto. Abrir sua perspectiva, ver além das possibilidades. Esta maneira de “ver” pode ser aprendida. O requisito básico é um grande desejo de crescer e expandir seu conhecimento.

Respeito – para com você e com os outros, isto é, respeitar o meio ambiente, a privacidade dos outros, seu espaço físico e posses, pontos de vista diferentes, filosofias, religiões, maneira de viver, crenças etc. Juntamente com o respeito vem a aceitação. A aceitação desta diversidade leva a uma grande e rica mistura na humanidade. A falta de respeito e aceitação nos leva ao conflito e hostilidade.

Criatividade – ver as coisas de maneiras diferentes, quebrar hábitos, crenças, e encontrar um novo jeito de ser. Criatividade é uma coisa natural e normal em indivíduos saudáveis. Quando alguém suprime sua criatividade, a força desta energia se torna destrutiva. A criatividade sempre deve ser expressada. Comportamento perante a vida

Agradecer – é uma das coisas mais importantes. Seja o que for que a vida lhe apresente no momento, agradeça, mas agradeça de verdade e não superficialmente. O resto de sua vida ainda está para ser vivido. A escolha é sua, e somente sua. Escolha viver feliz ou infeliz.

Lembre-se, você tem um papel fundamental no campo energético. Cada um pode contribuir positivamente ou negativamente com ele.  Nossa energia é um presente divino e deve ser curtido como algo bastante precioso. A energia é uma porta para a consciência, para o autoconhecimento.

Flexibilidade – inclui a habilidade de se adaptar a novas situações, permitindo que seus hábitos e crenças mudem conforme seja necessário. Ser flexível é respeitar a nós mesmos, aos outros, nossas forças e fraquezas.

Tantra é encontrar você mesmo Aprender quem você é, aceitar-se como você é. Quando estamos em harmonia com nosso próprio interior, nossa vida flui facilmente.

  • Compartilhe!