A sinfonia dos sentidos

Quando os sentidos funcionam juntos e em harmonia é como se produzissem uma sinfonia.

Você já parou para pensar o quanto o sexo excita os sentidos? Olhos, boca, nariz, pele, ouvidos, todos os órgãos sensoriais envolvidos ao mesmo tempo, como vários instrumentos tocando uma mesma sinfonia…  Isso é importante para o Tantra, a tomada de consciência de tudo o que está à volta, gostos, toques, sons, cheiros, emoções, sem reprimir, sem julgar.

Ah! Os olhos…

Dá para sentir com os olhos. As deliciosas curvas de um seio bem torneado, um quadril, uma coxa, os movimentos. Um umbigo que esconde promessas, uma bochecha carnuda, um vigoroso Lingam ou os lábios da Yoni que crescem e incham, se fazem presentes… Até mesmo um tornozelo, com seu entalhe delicado, ou a parte de trás de um joelho. Todas as partes do corpo atraem nosso olhar…

E os ouvidos…

A respiração lenta, pesada, rápida ou ofegante do (a) parceiro (a). Os gemidos, os suspiros, os gritos… As doces propostas românticas e as mais picantes. Os sussurros da carne com carne, os beijos e chupadas que deixam marcas no corpo e na memória. Musica clássica, batida, heavy metal, jazz. Ou talvez só o silêncio para abrir mais espaço aos sons que você e sua parceira liberam, os sons do prazer…

O nariz…

O cheiro natural das axilas de um homem, de uma mulher, é extremamente excitante. Os diferentes odores do Lingam, do saco, da Yoni, das coxas, da pele e dos cabelos. E sobre esses aromas, colônia e óleos aromáticos, velas perfumadas e incenso… Permita que seu nariz tenha uma estimulação erótica total! Mesmo que não aprecie algum dos aromas, faça esta viagem olfativa. Aprecie o todo aromático. Desperte para a totalidade do ato sexual e suas nuances… Aprecie as experiências…

A boca…

É pura sedução ao entoar palavras de carinho ou tesão, mordiscar a pele do parceiro (a), beijar lugares mais inusitados do corpo ou saborear com a língua o corpo do outro. Quanto prazer proporciona com movimentos lentos, rápidos, fortes, suaves, molhado, melado, saboroso…

No Tantra, o sexo é também uma maneira de despertar os sentidos.

  • Compartilhe!