Duvidas frequentes

Duvidas frequentes

O que é Tantra?

A prática do Tantra é antes de qualquer coisa, trazer consciência para o que é inconsciente. Tanta é um caminho espiritual, não uma religião. Tantra não impõe nenhum dogma específico. O tantra encoraja-nos a descobrir e viver os mistérios através da experiência direta.

Por que o Tantra refere-se tanto ao sexo?
Porque o tantra trata de você. O tantra preocupa-se com o ser humano, com a consciência da própria vida. Porque o sexo é a causa da vida e do amor. É a energia básica. O tantra não se interessa por filosofias e sim pela vida existencialreal.

E com relação às posições sexuais, elas são necessárias? São importantes neste processo?
Uma coisa tem que ser muito bem entendida: o que importa é a atitude mental, mais do que qualquer posição. Quando as pessoas se entregam de verdade numa relação sexual, seus corpos naturalmente assumirão a posição correta, pois nosso corpo possui sabedoria própria. Portanto, não fiquempresos a malabarismos sexuais. Cuidem da atitude.

Existem maneiras ”certas” de fazer amor?
É muito frequente as pessoas, principalmente as mulheres serem influenciadas por ” especialistas ”, que através de estudos científicos criam regras, normas e comportamentos para as relações sexuais.

Através do Tantra você aprenderá que, não existem maneiras erradas de fazer amor, e nem tipos errados de orgasmos. Você aprenderá a confiar em você mesmo, e desenvolver sua própria maneira de vivenciar o ato de fazer amor.

A prática do Tantra se aplica também a casais homossexuais e ou bissexuais?
O Tantra é um caminho onde não há negação de nada, não há julgamentos de conduta , do que é certo ou errado, do que é moral ou não, a única coisa que importa neste caminho é a consciência, a qualidade e a intenção que é colocada em todas as nossas atitudes, para que assim possamos aprender através de nossa própria experiência. Portanto todas as práticas descritas no site são perfeitamente normais, possíveis e efetivas entre casais homossexuais e ou bissexuais.

Sexo é apenas uma questão genital?
Para a maioria das pessoas sim, ele limita-se à área genital.

Para o Tantra o orgasmo genital não é o único objetivo da relação sexual. Todo o corpo pode ser transformado em um ” corpo orgástico”, o que possibilita uma enorme variedade de experiências sensuais e eróticas. O orgasmo genital é muito importante, mas é apenas o começo deste processo.

Existem regras para a estimulação sexual?
Muitos acreditam que, só pelo fato de se beijarem, se acariciarem e tocar no sexo do outro por alguns momentos, já é o suficiente para se fazer amor. O que acontece nestes casos é que a sexualidade acaba se concentrando somente em algumas partes do corpo.

O Tantra ensina que todas as partes do corpo, sem exceção, são igualmente sensíveis e capazes de ter sensações de prazer. Qualquer parte de nosso corpo pode tornar-se sensível, sensual e receptiva.

Meu prazer depende do meu parceiro (a)?
Essa ideia de que o outro é responsável pelo seu prazer é um mito muito comum em nossa cultura. Ela se baseia no pressuposto de que a fonte de seu prazer não esta dentro de você, e sim no seu parceiro (a), do que ele (a) faz, e como faz.

Neste novo caminho, você aprenderá que você é responsável por seu próprio prazer sexual, e essa é a primeira etapa do processo. A pessoa que desenvolve a habilidade de explorar a sua própria capacidade orgástica sozinha terá todas as condições de se relacionar com outras pessoas.

Como o homem aprende a retardar a ejaculação?
Através do Tantra, o homem pode aprender a expandir sua consciência,fazendo com que ele mantenhaum nível constante de excitação e de presença, permitindo continuar no sexo sem ejacular

Posso praticar o Tantra sozinho ou preciso de um(a) parceiro(a)?
Muitas pessoas se queixam de que elas não têm um (a) parceiro (a), ou que seu parceiro (a) não está interessado em praticar o tantra.

Primeiramente é preciso esclarecer uma confusão muito comum entre Tantra e sexo tântrico.

O que a maioria das pessoas entende quando se fala sobre Tantra é, na verdade, sexo tântrico. Daí a grande confusão.

É perfeitamente possível praticar o tantra sozinho.

Como também o sexo tântrico, que deve começar por você mesmo (a), pois ele começa com você amando a si mesmo. E quanto mais você se amar, mais você poderá compartilhar quem você realmente é. Na verdade, o Tantra é um caminho de autoconhecimento que se faz sozinho.

Como viver o tantra em nossa vida cotidiana?
O Tantra oferece ferramentas e técnicas,através das quais você passa a conhecer melhor a si mesmo eo mundo ao seu redor.

O Tantra prega o ascetismo?
De forma nenhuma. A intenção é incorporar todos os aspectos da nossa vida em uma compreensão abrangente de si mesmo e do mundo ao seu redor. Tantra é um caminho de alegria, um caminho de participação ativa na vida. É a arte de fundir o mundano com o divino, o intelectual com experiência.

Sempre fui condicionado(a) a reprimir o sexo, sou inibido(a), tenho pouca vontade e meu corpo parece sem vida. O tantra pode ajudar?
O tantra pode ajudar muito. Negar a sexualidade é como negar a própria existência, afinal viemos a esta vida através do sexo. Explore os caminhos do Tantra, pois ele irá tratá-lo(a) como um todo.

Eu gostaria de ser uma melhor amante para meu companheiro, como fazer isso?
Pode ser um pouco difícil no inicio encontrar coragem para tentar coisas novas. 1º converse com seu parceiro sobre como você se sente em relação a isso. 2º Tente! Ouse!porque assim que você começar,você ficará surpresa com os resultados. O Tantra oferece maravilhosas ferramentas para ajudar a desenvolver a habilidade em trabalhar com a energia sexual de uma maneira amorosa e venerada.

Quero saber quais são as melhores posições sexuais para se obter orgasmos pelo ponto G?
Cada mulher é diferente da outra, portanto não há fórmula específica para isso. Procure por posições que facilitem este contato (com a parede anterior da vagina) e, o mais importante: deixe fluir… pois quanto mais você focar nisso, menores serão as chances de acontecer.

Eu nunca tive um orgasmo e eu não sei como. Parece algo que tenho que praticar. Eu tento me forçar, mas não funciona.
Um orgasmo nunca pode ser forçado. Comece a aprender a ter orgasmo por você mesma, através de auto prazer. É isso mesmo, comece dando muito prazer a você mesma em primeiro lugar. Afinal o prazer é seu, ninguém dá isso a você.

  • Compartilhe!