Enfrentando nossos medos

Enfrentando nossos medos

Como gerar confiança para enfrentar os nossos medos?

Muita gente tem dificuldade em enfrentar seus próprios medos e acabam reprimindo sentimentos e emoções.
Há o medo de rejeição, sentimentos de inferioridade, ressentimentos não expressados, de experiências passadas difíceis, e medos emocionais.

Há pessoas que pensam que estão dando tudo para o(a) parceiro(a) mas na verdade estão retendo e reprimindo partes enormes de si mesmas, devido ao medo. E o resultado final é de se sentir como se estivessem sendo usados.

Feito dessa forma, o ato sexual não supre a necessidade das pessoas de sentirem uma comunhão profunda, e muitas vezes acaba sendo um encontro tenso de repressão às reais necessidades . O fazer amor é reduzido a um desempenho onde nós competimos com a outra pessoa para ver quem pode fazer mais ou melhor.

mulher olhando espelho com medoMedo x sexo sagrado

Sexo Sagrado vai além de tudo que você pode ter visto antes, pois a experiência erótica é uma celebração, uma arte e um ato de criação. É uma comunhão sagrada com um parceiro(a) e consigo mesmo, o que aumenta nossa conexão com a própria força da vida e nossos impulsos criativos mais profundos.

Quanto mais aberto e vulnerável você estiver junto com seu (a) parceiro (a), mais a confiança mútua crescerá. Assim que você começar  a sentir-se aceito (a) e mais íntimo (a), mais o amor crescerá.

As energias que passam por seu corpo juntamente com seu (a) parceiro (a) farão estes medos aparecerem, o que é  muito bom, porque ao menos que você enfrente-os, você não pode  se curar. Quando estes “demônios” de medo surgirem em você, você pode confrontá-los,  aceitá-los,  fazer deles seus aliados, e no final você os transcenderá. Confie um no outro, a cumplicidade e compromisso entre vocês fará com que vocês atravessem isto juntos. Vocês aceitarão as diferenças, aprenderão um  com o  outro e ficarão mais maduros.

Veja aqui 7 dicas para superar inseguranças sexuais.

 

  • Compartilhe!