Indo além do sexo

Indo além do sexo

O sexo tântrico é muito bom. Mas você pode usar o Tantra para ir mais além e curtir a vida mesmo sem um parceiro ou parceira.

O interesse pelo Tantra, mais especificamente pelo sexo tântrico, vem crescendo a cada dia. E cada vez mais se comenta sobre o assunto principalmente quando celebridades declaram gostar e praticar sexo tântrico. O último foi o ator Stênio Garcia e sua esposa, ele com 83 anos e ela 47, que confirmaram um ato sexual com a duração de mais de seis horas sem uso de qualquer substância farmacológica. Um feito e tanto, dada sua idade. Outros famosos, como o ator Eriberto Leão, ou o casal Isabele Fontana e Di Ferrero também se disseram praticantes do sexo tântrico, exaltando o grande benefício à saúde e ao relacionamento.

É importante que as pessoas divulguem e chamem a atenção para esse jeito tântrico de relação sexual, um jeito mais profundo, mais carinhoso e muito mais benéfico do que um sexo simplesmente para aliviar o tesão momentâneo. Porém, é preciso lembrar que a filosofia tântrica vai muito além do sexo. Ele deve ser encarado como um dos portais de entrada do caminho tântrico. É um bom começo, mas para quem deseja uma compreensão mais profunda do seu ser, é preciso ir adiante. E ir adiante é conhecer-se melhor, através da auto-observação, da prática da meditação e da observação do outro.

Indo além do sexoAqui no Neotantra temos muitas dicas, rituais, práticas e artigos sobre o que fazer para aprofundar seu conhecimento e começar a sentir realmente uma transformação para melhor, tanto consigo mesmo quanto no relacionamento com os outros. Todos nós temos vícios de comportamento, muitas vezes herdados dos pais, que se perpetuam, que incomodam, que se repetem em vários relacionamentos e acabam gerando frustração e infelicidade.

Em casos mais complicados, é preciso um auxílio profissional, uma terapia ou algo assim. Mas, para a maior parte das pessoas, é possível praticar sozinho, ir tomando consciência de sua personalidade, observando, ouvindo os outros, ficando em silêncio consigo mesmo, e dessa maneira reconhecer aquilo que incomoda, que não lhe permite ser total, transparente, enfim, ser mais feliz, gozar a vida, curtir cada momento, rir, cantar, dançar, celebrar mais.

Ir além do sexo é isso. O Tantra é uma postura livre diante da vida, depois de resolvidos os nós, os miasmas, depois de processadas as heranças negativas de comportamento…, e claro, é para todos, independe se você tem parceiro ou parceira sexual. Seria injusto se assim não fosse, porque não é todo mundo que tem a sorte de ter um companheiro, ainda mais um companheiro tântrico!

É sempre hora de começar. Dê uma passeada aqui no nosso site, e se quiser ter um maior aprofundamento nas práticas, conheça nossos e books. E lembre-se de que autoconhecimento nunca é demais.

  • Compartilhe!