Tantra é o remédio

Tantra é o remédio

Por que o Tantra pode ser fundamental nos dias de hoje? Como a visão tântrica pode ajudar a termos mais qualidade de vida?

Um conceito muito discutido e valorizado hoje em dia é a qualidade de vida. Graças ao avanço científico, o mundo desenvolvido conseguiu vencer as doenças, as guerras e a fome que há pouco tempo assolavam grande parte da população mundial. Claro que alguns pontos do planeta ainda sofrem de alguns desses males ou todos combinados, mas considerando a população mundial não há comparação de que o homem avançou muito. Nossa expectativa de vida elevou-se bastante nos últimos cem anos.

E é neste momento que muita gente pergunta: e agora, o que fazer para avançarmos ainda mais e vencer também os males psicológicos como a depressão, a ansiedade e outras mazelas psicológicas dos tempos atuais? Será que estaremos condenados à dependência de psicotrópicos, os remedinhos milagrosos dos laboratórios? A que preço?

Não creio que podemos considerar uma vida realmente de qualidade se alguém depende de substâncias químicas. Não. Nossa missão é sermos livres e, com inteligência, conseguir viver a vida aceitando-a como ela é, compreendendo os altos e baixos sem ficar resistindo, reclamando ou se vitimizando. É preciso saber que nem sempre o esforço é recompensado, faz parte do jogo. Por outro lado, às vezes a sorte cai no seu colo! A vida é um infinito de possibilidades que se cruzam e a gente não tem controle sempre.

Onde entra o Tantra nessa história e por que ele é importante? Justamente por não termos controle sobre os acontecimentos da vida é que a visão tântrica cai como uma luva.

4 posturas tântricas fundamentais

1. Saber aceitar o que acontece, mesmo em desacordo com a nossa vontade, é uma postura que não cria tensões desnecessárias nem acumula sentimentos que mais tarde vão trazer problemas a você.
2. Saber que tudo passa e outros acontecimentos virão, numa roda contínua, também é uma postura tântrica que ajuda você a passar os momentos difíceis sem tanto sofrimento, ou até sem sofrimento.
3. Saber colocar-se no lugar do outro, penetrar na realidade da outra pessoa para entender melhor as angústias dele ou dela também é uma postura que pode ajudar muito a desarmar os espíritos em conflito e construir mais harmonia.
4. Abrir-se ou entregar-se ao outro, e deixar-se fundir com ele, sem pressa, saboreando o momento, é uma postura tântrica que traz muitos benefícios ao corpo, à mente e ao espírito. É quando as endorfinas trabalham naturalmente no cérebro trazendo uma sensação de prazer e de saciedade.

Se você seguir essas receitas tântricas, com certeza você não precisará usar qualquer substância química. Seja com parceiro ou sozinho, a visão tântrica é fundamental para se levar uma vida mais equilibrada, e com isso não quero dizer que a vida será sempre um mar de rosas. Pois é justamente a compreensão de que ela não é um mar de rosas que vai lhe trazer mais serenidade e aceitação. A vida também pode ser cansativa, tediosa, repetitiva e não há nada de errado nisso, desde que sejam situações passageiras. Se demorar muito, mude. Se não, aceite. É simples assim.

  • Compartilhe!